Erre mais

Erre mais

Erre mais? Sim. Possivelmente você não lerá muitos textos como este na vida. Mas, se ao fim dele, sua perspectiva não mudar, então vamos marcar um café para conversar!

Crescemos com o medo de errar. Quando criança, por causa da correção dos pais. Na escola, para não reprovar e entrar na universidade - ou ser chacota dos demais coleguinhas. Na universidade, tentando se tornar o melhor e garantir um bom emprego. No trabalho, para não perder o emprego. Nos esportes e programas de TV quem erra menos é quem ganha e leva a glória.

Errar é coisa de perdedor.

Pois é. Isso é o que está impregnado em nossas mentes. Então, por que motivo errar mais?

 

Talvez você conheça o cara acima. Mas se não, vou contar para você que ele errou bastante. E continua errando.

Errou na hora de tentar fazer crescer o negócio através de franquia e fez crescer um caos. Decidiu expandir para fora do país e errou novamente, quando nenhum estabelecimento internacional continuou. Ele errou mais do que muita gente. Mas também acertou muito. Robinson Shiba é simplesmente o fundador de uma das maiores redes de comida chinesa da América Latina, a China in Box.

Erre uma. Erre duas. Erre quantas vezes forem necessárias, até acertar.

Hoje, em algumas culturas - incluindo a nossa - o erro é um pressuposto para alguém apontar o dedo. "Você é desatento", "Se continuar dessa maneira vai acabar saindo" ou "Tem que parar com isso, se não...". O problema está aí e não no erro. Atire a primeira pedra quem nunca errou. É a reação ao erro que faz a diferença. Tanto para quem comete quanto para quem está em volta.

 

Steve Jobs, ícone de empreendedorismo do século XXI era rígido e perfeccionista, mas ainda assim, tinha uma política de incentivo ao erro. Uma frase célebre dele foi "Às vezes quando se inova, se cometem erros. É melhor admiti-los rapidamente e continuar com outras inovações". Nós todos sabemos onde a empresa foi parar debaixo dessa visão.

Por outro lado, uma cultura em que o erro é taxado pejorativamente, as dificuldades em avançar aumentam. Um ambiente em que estar suscetível a errar é um empecilho, pisar sobre ovos todos os dias pode fazer com que não se chegue muito longe.

Erre mais. Tente mais. Errar é coisa de vencedor.

Não importa o quanto você bate, mas sim o quanto aguenta apanhar e continuar. O quanto pode suportar e seguir em frente. É assim que os ganhadores fazem.

Keep fighting.